Alimentação em câncer

O impacto do câncer sobre a perda de peso

Câncer é uma doença caracterizada pela proliferação de células anormais que tem a facilidade de crescer rápido, quando não controlado. A localização e agressividade do tumor implica em condições clínicas do paciente podendo comprometer o estado nutricional, interferindo diretamente no tratamento. 1,2,4

A perda de peso é um fator comum em indivíduos com câncer, que pode estar associada a redução na ingestão total dos alimentos e aumento da demanda calórica pelo crescimento do tumor. 2,3

Abaixo podemos ver alterações morfológicas e funcionais que acontecem no organismo do paciente com perda de peso e desnutrição: 1,2,4

  • Síndrome de má absorção;
  • Perda de gordura e atrofia da parede intestinal;
  • Atrofia da mucosa gástrica;
  • Náuseas e vômitos;
  • Sensação de barriga cheia;
  • Redução na qualidade de vida;
  • Toxidade dos remédios utilizados;
  • Aumento do tempo de internação;
  • Risco de infecções;
  • Diminuição na resposta ao tratamento.

A detecção precoce da doença juntamente com a intervenção nutricional adequada e o monitoramento constante dos pacientes oncológicos devem fazer parte da rotina durante todo o tratamento a fim de melhorar a qualidade de vida e proporcionar um impacto positivo no prognóstico do paciente.1,4

Qualquer perda de peso, por menor que seja, é importante e deve ser valorizada. Se perceber as roupas mais largas ou estiver sem apetite, converse com o seu médico ou nutricionista.

Referências

  1. TOSCANO, B.A.F. et al. Câncer: implicações nutricionista. Ciências e Saúde, v9, 0.171-180, 2008.
  2. RAVASCO, P. et al. Nutritional deterioration in cancer: the role of disease and diet. Clinical Oncology, v. 15 p.443-450, 2003.
  3. WAITZBERG, L. D. Dieta, Nutrição e Câncer. São Paulo: Atheneu, 2004.
  4. MARCRY R. V. et. al. Desnutrição em pacientes com câncer avançado uma revisão com abordagem para o clinico. Revista da AMRIGS, Porto Alegre, 55(3) 29

Compartilhe: